• SALVADOR DAQUI?

     

                TERIA SALVADOR DALI VISITADO A PRAIA DE PONTA NEGRA EM NATAL?

    AFP / UOL – Obra de Salvador Dalí, roubada em 2009 em um museu do norte da Holanda, foi encontrado, anunciou nesta quarta-feira (27) o detetive especializado em obras de arte, Arthur Brand.

    Trata-se do quadro do pintor surrealista catalão Salvador Dali intitulado “Adolescência”, de 1941, indicou Brand em sua conta no Twitter, onde anexou a imagem.

    A tela foi roubada em 1º de maio de 2009, em plena luz do dia, do museu Scheringa, em Spanbroek, norte do país.


  • O AMIGO DA LUA

                                   20 de Julho – Dia do amigo e da chegada do homem à lua

     

     

    Cumprindo desejo antigo
    O homem chegou na lua
    Saiu procurando amigo
    Por tudo que era rua.

    Engradados de cerveja
    Carregava em cada mão
    Mesmo depois da peleja
    De pousar naquele chão.

    Foi levantando poeira
    Pisando buraco fundo
    Valeu-se de Zé Limeira
    Pra dizer isso pro mundo.

    Perto de um pedregulho
    Achou papel e caneta
    E escrito com orgulho
    ‘Meu grande amigo porreta’.

    Estava puto na terra
    Tomei umas, vim pra cá
    Muita trairagem, guerra,
    O diabo quem volta lá.

    Sabendo que você vinha
    Seu fura-olho sacana
    Pra cantar minha azulzinha
    Bonita venusiana.

    Mudei-me para Plutão
    Que dizem já foi planeta
    E de lá volto mais não
    Amigo d’onça maneta!

    *****


    (Soriedem do Improviso)


  • À LUZ DA MIJADA

     

                    CIENTISTAS GERAM ENERGIA PARA LÂMPADAS A PARTIR DE URINA

    Diário de Pernambuco / Curiosamente – Cientistas da Universidade West of England instalaram mictórios especiais no maior festival de música do Reino Unido para colocar em prática a teoria de um estudo feito desde 2015: a urina humana pode produzir energia. Os urinóis públicos instalados em Glastonbury e no campus da universidade conseguiram produzir energia suficiente para ligar lâmpadas de LED e iluminar os banheiros improvisados. Agora, os pesquisadores esperam poder otimizar o uso dessa urina e aumentar a produção de energia ao redor do mundo.

    “A tecnologia no protótipo é baseada em um sistema de células de combustível microbiano (MFC), que funcionam como baterias”, explicou Irene Merino, uma das cientistas envolvidas na pesquisa, ao portal Science Daily. O sistema MFC, porém, aproveita menos de 60% do material da urina, logo, ainda há espaço para melhorias na utilização do material. Os cientistas apontam ainda que o resto da urina não aproveitado pelo sistema fica mais puro e pode ser utilizado como adubo para plantas.

    Agora, os pesquisadores buscam levar o experimento para outros países, em regiões pobres da Índia e da África ou em campos de refugiados. “A nossa maior proposta é levar eletricidade aos banheiros e até mesmo para as áreas ao redor deles em regiões mais pobres. Isso pode ajudar na segurança de mulheres e crianças”, afirmou Ioannis Ieropoulos, o diretor da pesquisa, em entrevista ao departamento de comunicação da universidade.