• ET do PT

     

    ETS APROVAM COPA E VEEM JOGOS DE NAVES EM CIMA DOS ESTÁDIOS, DIZEM UFÓLOGOS

    UOL / Luiza Oliveira (Brasília) – A Copa do Mundo está sendo acompanhada por bilhões de pessoas do mundo inteiro. Mas, além desse povo todo, ela pode ser vista por seres de outros planetas. E in loco. Especialistas no assunto dizem que extraterrestres aprovam o Mundial no Brasil e até estacionam suas naves espaciais em cima dos estádios durante as partidas.

    A teoria pode parecer inverossímil, mas é levada a sério pelo Círculo Quântico de Expansão Humana, uma instituição de Goiânia focada em ações de espiritualidade e que defende a comunicação com ETs por meio de médiuns. É uma doutrina bem semelhante à pregada pelo espiritismo.

    Segundo um dos médiuns da entidade, Alexandre Sperchi Wahbe, reuniões semanais são feitas com ETs mais evoluídos que terráqueos para que eles deem diretrizes que contribuam para a evolução da Terra. Nos últimos meses, um dos assuntos em pauta vêm sendo a realização da Copa do Mundo no Brasil.

    Alexandre diz que os extraterrestres aprovam o evento no país, que é considerado peça fundamental no atual momento que eles chamam de ‘transição planetária’.

    “É um momento de congregação mundial e de união planetária. É preciso um estimulo à cidadania planetária. Precisamos ter a ideia de que eu não sou brasileiro ou de outro país, todos somos um. E o Brasil é o melhor país do mundo para ter esse sentimento”, afirmou.

    Alexandre afirma que, na visão dos ETs, o Brasil é um símbolo da tolerância e da união dos povos por reunir as mais diversas culturas etnias. Por isso, os extraterrestres consideram que sediar a Copa do Mundo e das Olimpíadas de 2016 não é por acaso.  É a chance de o Brasil ensinar o mundo a amar sem discriminação. Esse será o maior legado da Copa.

    “Eles dizem que o Brasil tem a maior tecnologia que existe, que é o amor e a integração sem fronteiras. O legado da Copa não é para o Brasil, mas sim para o planeta. O grande legado é a assimilação da cultura brasileira pelo mundo. O mundo precisa aprender a amar e conviver com a gente. É o amor sem preconceitos e sem fronteiras, todos vêm ao Brasil para aprender a amar”.

    Para os céticos, a comunicação com os extraterrestres pode parecer loucura, mas muitas pessoas levam a sério. Com apenas três anos de existência, o Circulo Quântico de Expansão Humana já conta com 20 médiuns em Goiânia e já atendeu a mais de mil pessoas.

    Cerca de 200 adeptos da doutrina já participaram de cursos e palestras, enquanto outros 1000 simpatizantes já fizeram um mapa ascencional, uma espécie de mapa astral que faz o ‘diagnóstico da alma’.

    No Centro Quântico, os médiuns fazem contatos diários com extratrerestres. Eles ainda participam das reuniões semanais nos trabalhos de orientação personalizada nas quintas e sextas-feiras.

    Apesar da curiosidade que desperta, a imagem do ET que já faz parte do imaginário popular com aspecto bizarro e cabeça grande não fazem jus à realidade. Alexandre explica que por habitarem outras dimensões na maior parte das vezes, eles costumam se comunicar por meio de médiuns e raramente se materializam, podendo ser até com aspecto humano.

    Os médiuns do Círculo Quântico contam ainda outras curiosidades. Eles são bem-humorados, gostam de brincadeiras e até passeiam pelo país. Alexandre conta que muitos deles vêm ao Brasil em naves espaciais e estacionam o veículo em cima dos estádios durante os jogos. Tudo isso para captar a energia transmitida pelas pessoas dentros das arenas.

    Eles costumam transportar essa energia para locais que são mais necessitados como países em guerra ou em grandes dficuldades. A ideia é amenizar o sofrimento e transformar o pensamento das pessoas qe vivem naquele local.

    “Eles param as naves no estádios para usufruir da energia que as pessoas de lá transmitem. Um estádio de futebol é uma fonte muito grande de energia. As pessoas gritam, comemoram gol, extravasam.. são milhares de pessoas pensando a mesma coisa. Isso é muito poderoso”, conta.

    Apesar de aprovarem a Copa e gostarem do ambiente dos estádios, os extaterrestres não se manifestaram sobre os resultados da Copa do Mundo. “Eles são muito brincalhões e tiram sarro da gente o tempo inteiro. Mas a gente leva o trabalho muito a sério, é algo sagrado, não fazemos esse tipo de pergunta. Preferimos não abordar futilidades”, finaliza Alexandre.


  • PROPOSTA DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE DESDE 1934…

    Presidente Dilma Rousseff durante as vaias no Itaquerão e gritos de “vai tomar no cu”, dia 12 de junho, abertura da Copa do Mundo, no jogo Brasil e Croácia.

     

    EM FACE DOS ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS
    (Poema de Carlos Drummond de Andrade, publicado em Brejo das Almas, 1934)

    Oh! sejamos pornográficos
    (docemente pornográficos).
    Por que seremos mais castos
    que o nosso avô português?

    Oh! sejamos navegantes,
    bandeirantes e guerreiros
    sejamos tudo que quiserem,
    sobretudo pornográficos.

    A tarde pode ser triste
    e as mulheres podem doer
    como dói um soco no olho
    (pornográficos, pornográficos).

    Teus amigos estão sorrindo
    de tua última resolução.
    Pensavam que o suicídio
    fosse a última resolução.
    Não compreendem, coitados,
    que o melhor é ser pornográfico.

    Propõe isso ao teu vizinho,
    ao condutor do teu bonde,
    a todas as criaturas
    que são inúteis e existem,
    propõe ao homem de óculos
    e à mulher da trouxa de roupa.
    Dize a todos: Meus irmãos,
    não quereis ser pornográficos?


  • “RETOCAI O CÉU DE ANIL” (*)

     

    Que ‘Farsa do Mundo’ mais estranha…

    No Nordeste, em pleno mês de Santo Antônio, São João e São Pedro (entrando de lambuja o dia dos namorados), cadê as ruas embandeiradas, pó de serragem verde-amarelo nas ruas, fogos espocando desde a madrugada, alegria no rosto da população, crianças curtindo com antecipação um dos maiores eventos esportivos do planeta… cadê???

    O que dizer de um governo, de uma ‘presidentE’ da República se cagando de medo, que não vai “abrir’ e nem falar porra nenhuma no início da solenidade do evento, cujo pilantra antecessor, bancou tal empreitada para dar de presente às empreiteiras e outros grupos facínoras, como de resto o seu grupo político meliante!

    O que pensar de uma governANTA que na 3ª feira passada usou toda a rede de comunicação “DEFE PAÍSF” para defender o indefensável, se gabando da ‘copa das copas’ e, na ‘hora h’, não vai falar para o mundo e para seus compatriotas, contando com a piedade do gangster mor da FIFA, que em ‘solidariedade’ (mais uma vez!) também abriu mão da solenidade de abertura, para mitigar uma magistral VAIA e APUPOS em transmissão planetária!

    Em suma… o pilantra maioral da quadrilha organizada, enquanto partido político, trouxe a copa e jogou no colo da companheira. Que grande traíra FDP!


    (GM)

     

    Nota do SDV: 1° verso de Parque Industrial, autoria de Tom Zé, no velho LP ‘Panis Et Circenses’ (Tropicália), de 1968, cuja estrofe completa diz:

    “Retocai o céu de anil
    Bandeirolas no cordão
    Grande festa em toda a nação
    Despertai com orações
    O avanço industrial
    Vem trazer nossa redenção”.


  • MOMOMÔ DA MINHA VIDA NAS REDES SOCIAIS

     

                                                 EXPOSIÇÃO VIRTUAL DE AFETO

    A ‘prática’ já ganhou até sigla em inglês: VDA (Virtual display of affection).

    Segundo o jornal inglês Daily Mail, “não há nada errado em deixar seus amigos saberem que você está feliz, mas é importante ter em mente com quem você está compartilhando isso”, afirmou ao Daily Mail o especialista em relacionamentos do match.com, Kate Taylor.

    “O que pode parecer um doce comentário para você e seus amigos pode involuntariamente parecer pretensioso para um conhecido.”

    Segundo a blogueira Camila Pair, crítica de tais exposições invasivas ‘às avessas’, “fica uma pulga atrás da orelha toda vez que vejo grude, sufocamento, exposição excessiva do amor que, na teoria deveria ser praticado à dois”.

    Nada mais na serena intimidade, como era antes dessas inovações todas atingirem em cheio o cotidiano.

    Confio no amor baixinho, desses sussurrados no pé do ouvido, com pequenos manifestos ao objeto de afeto e fuga do digital para que formem lembranças memoráveis pro futuro, sem tal exposição massiva. “É suficiente”, conclui Camila.


  • MINISTRO GARANTE QUE BRASIL NÃO PASSARÁ VERGONHA

     

    MINISTRO LAMENTA CRÍTICAS DE RONALDO SOBRE COPA: “NÃO PASSAREMOS VERGONHA”

    JOVEM PAN / UOL – Membro ativo do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo deste ano, o ex-jogador Ronaldo surpreendeu ao adotar postura critica ao processo de construção de obras de infraestrutura e estádios para o torneio. E, em entrevista concedida a Rádio Jovem Pan, nesta quinta-feira, o Ministro-Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, rebateu as afirmações do ex-atleta.

    “Eu lamento a posição do Ronaldo, pois ele acompanhou todo esse processo. Ninguém passará vergonha. Estou tendo notícias entusiasmadas de turistas da América Latina que virão para cá. É necessário separar política e Copa do Mundo. Causaremos a impressão que sempre deixamos: um povo pacífico e que recebe de braços abertos aqueles que aqui chegam”, respondeu o político.

    Programada para ocorrer entre os próximos dias 12 de junho e 13 de julho, a Copa do Mundo deste ano será sediada em 12 cidades nacionais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre, Brasília, Curitiba, Natal, Fortaleza, Recife, Cuiabá e Manaus. Entretanto, a sete dias do início do torneio, as capitais seguem apresentando problema de infraestrutura, como deficiências em aeroportos e vias de acesso aos estádios.

    “Eu posso garantir que tudo que é necessário para a chegada dos turistas ficará pronto. O Brasil não passará vergonha. Quero dizer em alto e bom som que teremos orgulho e ofereceremos obras de alto padrão em aeroportos, assim como há em São Paulo e Brasília. Os atrasos são em obras de infraestrutura que foram antecipadas para Copa, e não programadas especificamente para o torneio”, completou o ministro.

    Ao todo, as seleções de 32 países marcarão presença na competição realizada em território brasileiro. A Europa, com 13 representantes, é o continente com maior participação no torneio, que tem a Espanha como atual vencedora e o Brasil como maior campeão, com cinco títulos.


  • DE TRAÍRAS E TUBARÕES…

    Ilustração do internauta Rodrigo Bezzi para o Diário de Pernambuco / Esportes (Blog de Cássio Zirpoli). Segundo o blogueiro, a piada é maldosa, mas que o tubarão é a cara do Recife, é! Em tempo: Bezzi chegou a “estudar” a possibilidade de fazer a versão do mascote com o mosquito da dengue…

     

      SITE OFICIAL DA COPA “CONVIDA A MERGULHO” EM PRAIAS LOTADAS DE TUBARÕES

    UOL / Carlos Madeiro (em Maceió) – O turista que vier ao Recife acompanhar a Copa do Mundo e buscar informações sobre o que fazer na cidade no site oficial do mundial, feito pelo governo federal, corre risco de dar de cara com um tubarão. Ao indicar os atrativos turísticos da capital pernambucana, o texto convida a um “mergulho” nas praias em que a entrada é proibida pelos constantes ataques.

    “Suas praias são conhecidas por suas águas calmas e mornas. A mais popular delas é a Praia de Boa Viagem, que, além da beleza natural, possui uma orla totalmente estruturada para atender os visitantes. Aqui, os turistas também são convidados a mergulhar nas águas claras e se aventurar entre naufrágios”, diz o texto.

    Em nenhum momento da página há qualquer informação ou indicativo de riscos a ataques de tubarões. Atualmente, um trecho de 20 km – entre a praia do Pina, no Recife, e a praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho – é considerado impróprio para banho por conta do risco de ataques de tubarão.

    Além disso, em toda a orla, há dezenas de placas proibindo a prática de mergulho, e bombeiros ficam a postos como salva-vidas e orientam para evitar que visitantes se arrisquem no mar. No Recife, desde 1992, quando os casos de ataques de tubarão começaram a ser computados pelo Estado, já ocorreram 59 ataques. Segundo dados do Cemit (Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões), foram 24 mortes.

    O último ataque foi a uma turista paulista, em julho de 2013. Bruna Silva Gobbi, 18, morreu após ser mordida por um tubarão na praia de Boa Viagem. Em 2013, o Ministério Público chegou a recomendar a intervenção das praias da capital pernambucana ao governo local.

    Mais sugestões

    O site oficial apresenta o Recife como uma cidade de “vanguarda cultural” e a “maior aglomeração urbana do Nordeste e a capital mais antiga do Brasil, fundada em 1561”. Além do mergulho no mar, os passeios indicados na capital pernambucana pelo site vão do bairro do Recife Antigo, igrejas, Museu do Estado e Pátio de São Pedro.


  • “DOS FORREST GUMP POTIGUARES”

     

                                          HISTÓRIAS DE BRUXAS E CAROCHINHAS

    Cabrobó News / Rocas Quintas (Direto de Natal-RN) – Adispois qui Marinho Chagas – a “Bruxa” da selecinha brasileira de 1974 -, se foi pra casa do Pai Eterno, amontado na sua história, na sua glória, no seu talento, nas suas agruras e nas suas memórias, li e reli, mermo na base do assuletramento, cada mimosura de escrevecenças, daquelas qui as águas rolam dos zóio…

    As loas de seu Aléquis ‘Clarqui Quente’ Medeiros, irmão de seu Draco ‘Legião’, meu patrãozim aqui nesse roçado virtuá, bem como a do minino mais véio, filho da “Patativa”  do rádio potiguá, qui carrega, com orgulho, o nome do pai, Rubens Lemos Filho.

    Vi fotografias do arco da véia, caba fuçano baú precurano retrato e posano com o ‘diabo louro’, titulá da laterá direita da canarinha, só pra mode pudê ficá bem na fita e na berlinda.

    De repente apareceu foto do galego inté no Beco da Lama, coisa qui antes ninguém dava muntcha bola e nem importança. Pintô gente contano alguns causos, muntchos de vera e de boa fé, acuma as lembranças dos colegas no tempo da mininice do craque e os bate-bola em beira de praia, coisa qui Marinho gostava mermo, derna de antes da fama. Adispois dessa, ele tomém nunca se fez de rogado, apois era um sujeito simples, sem frescurage ou metido às pregas de quelé, qui nem o Critiano Ronardo lá das terras de Cabral…

    Mai tomém vi cada lorota qui num sei acuma o caba se astreve a dizê tanta pabulági…
    Ói… mermo achano alguma verossimilhança de argumas situações contadas pelos ‘forrestes gumpes’, mai, aqui pra nóis, eu ouvi uma qui é de dá nó na tripa e do cabôco se cagá todim de tanto ri!

    Apois, avalí vocês, qui um cuntadô de causo se saiu cum uma dessas qui é de lascá a paciênça do cristão. Dizia ele qui numa certa manhã acordô com os gritos da ‘Bruxa’, na casa de frente da dele, em Natal, dizeno:

    – “Juniiiim… ôôô Juniiiim… espia aqui quem qué tirá uma foto mais eu!”

    – “Corri pra casa da namorada do galego e ele me apresentô um caboquinho argentino, dizeno:

    – Anote aí, Junim, qui esse aqui ainda vai sê o maió jogadô do mundo!

    – Preguntei, entonces, a ‘graça’ do rapaz e o galego me dixe na tora:

    – Diego Maradona!

    Eitaaaa!!… Apois num era o futuro “El Pibe”, “La Mano de Dios”, de bobeira em Natal, em frente da casa do ‘Forreste Gumpe!”

    Adispois dessa, me alembrei foi duns ‘repente’, num desafio de viola entre o véio Pinto do Monteiro e Zé da Pedra, qui começô a puxá “história sagrada’ pra riba do cantadô de Monteiro (PB) e terminô a estrofe com estes dois versos qui se seguem:

    “Abraão saudou Jesus
    Na casa do pai eterno”.

    O véio Pinto num aguentô mais a ‘história sagrada’ de Zé da Pedra, se abufelô de vez e lascô esta sextilha:

    “Vá mentir lá no inferno
    Cantadô intrometido
    Pois quando Abraão viveu
    Jesus não tinha nascido
    E quando Jesus nasceu
    Abraão tinha morrido!”


    (RQ)