• “NO CEARÁ NÃO TEM DISSO NÃO” ( * )

    Ciro e chita-o tarzan cearense      Ciro Gomes – o “Tarzan Cearense” que só voa no cipó… “aviãozinho é a casa do caralho” (sic).



    CIRO TROCA INSULTOS COM ROBERTO PESSOA E DEBATE QUASE TERMINA EM AGRESSÃO NO CE


    FOLHA.com / Flávia Foreque (Enviada especial a Fortaleza) – O debate entre os candidatos ao governo do Ceará na TV Verdes Mares, afiliada da Rede Globo no estado, quase terminou em agressão física na madrugada desta quarta-feira (29).

    Após o término do programa, o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), coordenador da campanha à reeleição de seu irmão, Cid Gomes (PSB), trocou xingamentos com Roberto Pessoa (PR), coordenador da campanha de Lúcio Alcântara (PR) ao governo e prefeito do município de Maracanaú.

    O atrito se deu quando Cid foi questionado pela imprensa, logo após sair do estúdio, sobre o vídeo em que aparece com a família em viagem à Nova York. Na filmagem, divulgada semana passada, Cid aparece ao lado do irmão Ciro Gomes numa limusine e num jatinho em passeio pela cidade americana. O vídeo vem sendo amplamente explorado na televisão pela oposição, que aponta suposto uso de verba pública para custear o passeio.

    “Sempre que viajei de férias, quem pagou minhas despesas fui eu. Sempre que viajei a trabalho, quem pagou foi, naturalmente, o Estado. Se o senhor tem alguma acusação, faça na justiça”, afirmou o governador para Alcântara durante o debate. No confronto anterior, em debate promovido pela Folha e pela Rede TV!, a mesma pergunta foi motivo de pesadas acusações entre os adversários.

    Enquanto Cid negava mais uma vez a acusação, assessores das duas candidaturas começaram a trocar xingamentos. Ciro chamou Roberto de “vagabundo” e “bandido” e foi acusado de “ladrão” e “mentiroso” pelo coordenador da campanha adversária. Houve empurra-empurra e assessores de ambas as candidaturas agiram para evitar um confronto físico.

    Aos berros, assessores da campanha adversária perguntaram para Cid sobre o “aviãozinho” do passeio, em alusão à paródia de forró usada como trilha sonora de parte da filmagem. “Aviãozinho é a casa do caralho“, xingou Ciro Gomes.

    “Ouvi falar de uma baixaria enorme aqui fora”, afirmou o candidato ao governo Marcos Cals (PSDB), que estava no estúdio no momento da confusão. Lúcio Alcântara, que também não presenciou o embate, saiu em defesa do coordenador de sua campanha.

    “Eu não conheço o teor da confusão, mas o coordenador da minha campanha é um homem sério, é uma pessoa correta, é um homem que tem uma vida pública no estado e não aceita desaforo”, disse o ex-governador.

    DATAFOLHA

    Pesquisa Datafolha divulgada nesta semana mostrou uma queda de 6% nas intenções de voto de Cid Gomes (PSB), que continua com chances de vencer no primeiro turno. Cid, que tinha 58% na pesquisa dos dias 9 e 10 de setembro, aparece com 52% no levantamento realizado entre os dias 23 e 24 de setembro. Ao mesmo tempo, Lúcio Alcântara (PR) oscilou de 16% para 20% e Marcos Cals de 8% para 10%.

    Marcelo Silva (PV) e Soraya Tupinambá (PSOL) têm 1%. O candidato Francisco Gonzaga (PSTU), que apresentava 1% na pesquisa anterior, não pontuou, assim como Maria Natividade (PCB). Indecisos somam 12%.

     
    Nota do SDV ( * ): música de Guio de Morais e Luiz Gonzaga.



  • DESCABELANDO O PALHAÇO… E O VOTO!

    DESCAB~1



    EFEITO TIRIRICA
    O moderno “Bode Cheiroso” ( * )

    Texto de Eduardo Bezerra
    (Biomédico e sanitarista pernambucano)

     
    Blog Sobre As Cidades – Vi no documentário sobre Tom Zé exibido na Mostra de Música em Olinda (MIMO), o trecho de uma canção que falava do compositor brasileiro. Antes de escrever este texto, lembrava-me desta peça para fazer uma analogia com nossa elite pensante. Deixa mostrar pra vocês um pedacinho de Complexo de Épico (sim, é assim mesmo que se escreve).

    “Todo compositor brasileiro é um complexado.

    Por que então esta mania danada, esta preocupação de falar tão sério, de parecer tão sério, de ser tão sério, de sorrir tão sério, de chorar tão sério, de brincar tão sério, de amar tão sério?”

    Pois é, quando todos pensavam que o furacão da eleição estaria na disputa entre Dima e Serra, ou na elegância política de Marina Silva, ou até na comédia stand up de Plínio… ou nos escândalos políticos das quebras de sigilo, lobby junto a empresas públicas, cooptação de parceiros, essas coisas, eis que surge a grande personalidade eleitoral em 2010: Tiririca. Palhaço, malabarista, egresso da fome, humorista e sucesso na televisão, como tantos outros que poderiam passar despercebidos, foi alçado à categoria de fenômeno político.

    Bem, quem o fez foi o povão? Definitivamente não. O Tiririca, futuro deputado federal, é produto da mídia e da elite pensante e indignada brasileira. Foram eles os primeiros a intitulá-lo de escárnio por aparecer na TV dizendo não saber a função de um deputado. Pois pergunte a seus candidatos se eles sabem. Não se assustem se algum deles gaguejar e formular uma tese para, ao final, demonstrar que não tem a mínima dimensão do que significa o cargo. O problema é que foi um palhaço quem falou. No Brasil, o que não convém não pode ser dito.

    Poucas foram as pessoas a observarem o fenômeno pelo lado do protesto e do descrédito com a categoria política. Na realidade, poucos foram aqueles que realmente se interessaram por uma análise mais aprofundada da situação. Preferiram a esculhambação, a oportunidade de humilhar o povo por suas escolhas. O voto é o único momento no qual as pessoas se sentem em pé de igualdade uns com os outros. Numa mesma fila pousam pobres e ricos, negros e brancos, homens e mulheres. E é justamente este o momento onde os esquecidos vomitam suas angústias e frustrações, entregando aos reis os seus bobos da corte.

    O palhaço só ganhou público e a eleição quando ele se transformou em tudo aquilo que nós, sabidos, desprezamos. “É isso que os irrita? É isso o que terão.” E não se surpreendam se boa parte dos votos de Tiririca vier de uma juventude que não se sente minimamente instada a respeitar um modelo político que não o respeita. Já são algumas eleições tentadas por Reginaldo Rossi sem sucesso. Gretchen foi uma decepção ambulante em Itamaracá. Recife poderia ter elegido o Gordo Salada. O gestual 2590 de Pernambuco está aí para ser alavancado com seu dedo no nó da garganta e no “pau da venta”. Nenhum deles terá sucesso. Não foram execrados o suficiente para virarem mártires. Tiririca foi, assim como Clodovil.

    À época dos votos escritos em cédulas, os protestos eram generalizados. A eleição paulistana de 1958 elegeu o rinoceronte Cacareco como o vereador mais votado da cidade. Jaboatão dos Guararapes, o Bode Cheiroso, também na década de 50. O Rio de Janeiro ainda viu o macaco Tião chegar em terceiro lugar na eleição para prefeito de 1988. Obviamente, em dias de urna eletrônica, este tipo de protesto não pode ser feito. Os animais em questão são elegíveis. Que vá o palhaço, então.

    Alguns podem perguntar o que estes caras podem fazer pela política em termos de qualificação de propostas, essas coisas? Devolvo a pergunta, o que seu candidato tão bom e capacitado têm feito por você? Será que ele tem realizado algo de verdade por você? No final das contas só consegue alguma coisa o pessoal do lobby, da negociata. A Copa e as Olimpíadas estão aí pra mostrar isso, o Ato Médico também, além do enterro da CPI do Futebol. É muito fácil ver político bom, respeitável e com currículo lustroso votar contra o povão por orientação partidária ou conveniência. A lei das Organizações Sociais para gestão das novas unidades de saúde do estado contaram com vários deles. E todos estão aí, com cara de coitados, pedindo seu valioso voto.

    Bem, por enquanto Tiririca continuará sendo uma exceção, uma forma de deixar um espinho incômodo por quatro anos em meio aos donos do poder. Portanto, continuo com Tom Zé, ainda em Complexo de Épico:

    “Ah, meu Deus do Céu! Vá ser sério assim no inferno!”

     
    Nota do SDV:  o “Bode Cheiroso”, animal que pastava livre pelas ruas de Jaboatão, foi eleito como o “vereador” mais votado de Pernambuco no final da década de 1950.

    No começo dos anos sessenta, o eleitorado de Natal (RN) descarregou um porrilhão de votos em “Maria Mula Manca”, uma cambista (jogo do bicho) andrajosa  e iracunda que manquitolava pelo Grande Ponto, o centro velho da cidade. A seguir, nas eleições para prefeito e vereador, a população também despejou votos em “Cambraia”, um preto velho bizarro que vendia o “Diário de Natal”, cujo bordão proferido em alta voz  – “Lhô lhô lhô lhô, Diário de Natal” – apavorava as crianças dos bairros por onde ele circulava. O slogan do jornaleiro era um convite ao eterno ócio dos natalenses:  “rumo à praia com Cambraia.”

    Agora, no sudeste, temos Maguila; Tiririca; Mulher Pêra; Netinho e outras “incelenças” que se ganharem, levam! Ao contrário daquele tempo, com o advento da urna eletrônica, não existe mais a possibilidade do “voto de protesto” ou voto anárquico (nulo). E ninguém venha dizer que votar “66666666” é uma grande sacada para o voto nulo. Voto nulo e de protesto (anarquista) era votar com pincel atômico ou levar um vidrinho de penicilina com conteúdo escatológico e um pauzinho de picolé ou palito de piaçava para a cabine eleitoral… afinal, votar e fazer política não é meter a mão na merda, como já andaram pontificando Sartre e Brecht?

     


  • SEGURA A ONDA!!

    dilma segurando a onda

     

    VANTAGEM DE DILMA SOBRE A SOMA DOS ADVERSÁRIOS CAI A 2 PONTOS, DIZ DATA FOLHA

     
    FOLHA.com (São Paulo) – A seis dias da eleição, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, já não tem mais garantida a vitória em primeiro turno, revela nova pesquisa Datafolha realizada ontem em todo o país.

    Segundo o levantamento, Dilma agora perde votos ou oscila negativamente em todos os estratos da população.

    Nos últimos cinco dias, Dilma perdeu três pontos percentuais entre os votos válidos que decidirão o pleito. Ela recuou de 54% para 51% – e precisa de 50% mais um voto para ser eleita.

    Como a margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, Dilma pode ter 49% dos votos válidos. Ou 53%, o que a levaria ao Planalto sem passar por um segundo turno eleitoral.

    Ainda considerando os votos válidos, o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, apenas oscilou positivamente, de 31% para 32%.

    Marina Silva, do PV, também oscilou positivamente dentro da margem de erro. Passou para 16%, ante os 14% que tinha na última pesquisa, realizada entre os dias 21 e 22 de setembro.

    Houve queda ou oscilação negativa para a candidata escolhida pelo presidente Lula para sucedê-lo em todos os estratos da população, nos cortes por sexo, região, renda, escolaridade e idade.

    Uma das maiores baixas (queda de 5% nas intenções de voto) se deu entre os que ganham de 2 a 5 salários mínimos (entre R$ 1.020,00 e R$ 2.550,00). Cerca de 33% da população brasileira se encaixa nessa faixa de renda.

    Dilma vem perdendo votos desde a segunda semana de setembro. Foi quando o escândalo envolvendo tráfico de influência na Casa Civil levou ao pedido de demissão de sua ex-principal assessora, Erenice Guerra.

    De lá para cá, o total das intenções de voto em Dilma caiu de 51% para 46%. Já a soma de seus adversários subiu de 39% para 44%.

    Considerando somente os votos válidos, a diferença entre Dilma e os demais candidatos despencou de 14 pontos há duas semanas para dois pontos agora.

    A pesquisa mostra também que houve forte “desembarque” da candidatura Dilma entre as mulheres (queda de 47% para 42%) e entre os eleitores mais escolarizados, com curso superior.

    Na simulação de segundo turno entre Dilma e Serra, a vantagem da petista também caiu. No levantamento anterior, Dilma tinha 55% das intenções de voto. Agora, tem 52%. Serra, que antes tinha 38%, agora tem 39%.


  • “O LEITE DAS CRIANÇAS”

    babybebum


    MENINO ACORDA DE COMA APÓS SER INTERNADO POR CONSUMO DE BEBIDA ALCOÓLICA EM SÃO PAULO


    FOLHA.com (Ribeirão Preto) – O menino de dois anos que foi internado ontem (26) na Santa Casa de Sertãozinho (333 km de São Paulo) após supostamente ter ingerido bebida oferecida pelos pais saiu do coma alcoólico. Segundo o hospital, a criança acordou do coma espontaneamente durante a noite de domingo, mas continua internada sem previsão de alta.

    Os pais da criança, de 25 anos e de 30 anos, foram presos sob a acusação de terem oferecido a bebida ao filho. O casal tem mais quatro filhos – o mais velho tem 9 anos e o mais novo, 9 meses.

    De acordo com o delegado Plaucio Fernandes, que foi até o bairro onde o casal mora, testemunhas afirmaram que não foi a primeira vez que as crianças bebiam álcool. “Os vizinhos falaram que já viram outras vezes os meninos cambaleando e com cheiro forte de álcool.”

    Os pais negaram as acusações. A polícia solicitou um exame para confirmar se havia álcool no sangue do menino. O material foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Ribeirão Preto (313 km de SP) e o resultado deve sair na tarde de hoje.



  • “MATE O VÉIO” (*)

    plínio e militante                                           Foto: Psol de Hortolândia / SP

    gatorade1

     
    “VOU TOMAR GATORADE ADOIDADO PARA FICAR FORTE”, DIZ PLÍNIO SOBRE RETA FINAL DA CAMPANHA

    FOLHA.com (Rio) – O candidato do PSOL à Presidência, Plínio de Arruda Sampaio, explicou, após participar do debate na Rede Record, sua estratégia na última semana de campanha.

    “Tomar (isotônico) Gatorade adoidado para ficar forte e ficar deitado o maior tempo possível, e ouvir o que sobrou de perguntas para pegar os outros (candidatos)”, afirmou.

    A uma semana das eleições, Plínio disse que o cenário mudou, com grande possibilidade de haver segundo turno. Segundo ele, perspectiva bem diferente observada há algumas semanas, quando, lembrou, a vitória de Dilma no primeiro turno era mais provável.

    “Não havia a mínima dúvida que a Dilma ia no primeiro turno. Agora não está assim, ela está caindo, e todos estão subindo”, observou.

    Ele pretende focar a parcela de eleitores indecisos esta semana para tentar ir ao segundo turno. Por ora, pontua menos de 1% nas intenções de voto segundo o último Datafolha.

    “Esses indecisos podem desequilibrar a meu favor. Quem tem posição consolidada não ouve mais nada.”

     
    Nota do SDV ( * ): sucesso de Genival Lacerda (1979)

     


  • “INFLAÇÃO DE BOQUETE”

    boq
    boq-sharapova-banana                  A tenista Maria Sharapova

     

                EX-MINISTRA COMENTA LAPSO AO CONFUNDIR “FELAÇÃO” COM “INFLAÇÃO”


    PARIS, 27 Set 2010 (AFP / UOL) – A ex-ministra francesa da Justiça Rachida Dati comentou nesta segunda-feira com senso de humor o lapso de domingo, quando ao participar em um programa de televisão confundiu as palavras “felação” e “inflação”, o que atribuiu ao fato de falar rápido demais.

    “Só percebi depois. Claro que quando se escuta bem, apenas falei muito rápido, mas bem, fez todo mundo rir”, afirmou a eurodeputada de direita em uma entrevista à rádio RTL.

    Convidada no domingo a um programa de televisão do Canal+, a ex-ministra da Justiça do governo do presidente Nicolas Sarkozy falava sobre os fundos de investimentos estrangeiros quando cometeu a falha.

    “Quando vejo que alguns pedem uma rentabilidade de 20 ou 25% com uma felação quase nula…”, disse a ex-ministra, que foi muito ligada a Sarkozy durante boa parte da carreira política do presidente.

    Ao comentar a confusão na rede social Facebook, a eurodeputada conservadora francesa considerou “lamentável que esta seja a única mensagem política destacada” de sua participação no programa.

    Dati, que também é prefeita do VII distrito de Paris, se tornou nos últimos anos uma personagem das revistas de fofoca por seu gosto por luxo e pelos boatos sobre a identidade do pai de sua filha Zohra, que nunca foi revelada.

     


  • ARTEIROS FAZENDO ARTE

    1243188721_boat
    lula                                O expositor pernambucano Gil Vicente “sangrando Lula”

    fhc

                                            Gil Vicente “executando FHC sumariamente”

     

                                                     A VEZ DA POLÍTICA NA ARTE


    29ª Bienal de São Paulo será aberta ao público hoje, oferecendo 850 obras de 159 artistas. Evento quer chamar a atenção para a profunda relação da arte com a sociedade.

     

    DIÁRIO DE PERNAMBUCO. COM. BR  –  Com o verso “há sempre um copo de mar para um homem navegar”, do poeta alagoano Jorge de Lima (1893-1953), a 29ª Bienal de São Paulo, que é aberta ao público hoje, dá corpo à edição que evidencia a dimensão política da arte, entendida como compromisso perante a vida e a sociedade. O evento vai até 12 de dezembro, no Pavilhão do Ibirapuera, em São Paulo, e reúne 850 obras de 159 artistas de vários países, sendo 52 brasileiros. A curadoria geral é de Agnaldo Farias e Moacir dos Anjos.

    Além de forte representação de jovens artistas, a mostra traz autores históricos com obras apresentadas não como documento, mas por sua importância para entender o tempo presente. Exemplos disso podem ser trabalhos de Oswaldo Goeldi (1895-1961) ou a releitura, por José Celso Martinez, de O Bailado do Deus Morto, de Flávio de Carvalho (1899-1973) – ambos referências do modernismo brasileiro. Também estarão presentes fundadores da arte contemporânea nacional, como Cildo Meirelles, Artur Barrio e Antônio Dias, entre outros.

    A representação internacional segue, basicamente, o mesmo perfil. Traz do norte-americano Joseph Kosuth, criador e teórico importante da arte conceitual, à fotógrafa Nan Goldim, também dos EUA, que influenciou toda a fotografia praticada a partir dos anos 1980, inclusive a de moda. A bienal incorpora vídeo do cineasta francês Jean-Luc Godard.

     


  • AGORA VAI!

    lula_e_o_oscar1“Lula e o Oscar” – Ilustração de Sérgio Gomes publicada no blog de Luiz Berto (Jornal da Besta Fubana).

     

                    FILME SOBRE LULA É ESCOLHIDO PARA TENTAR INDICAÇÃO AO OSCAR
     
    ESTADÃO.COM.BR (REUTERS) – O filme “Lula, o Filho do Brasil”, de Fábio Barreto, foi escolhido para disputar pelo Brasil uma das indicações ao Oscar 2011, informou na quinta-feira o Ministério da Cultura.

    A cinebiografia do atual presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva tentará concorrer a uma das cinco vagas na disputa pelo Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira. A inesperada escolha da Comissão de Seleção do MinC foi divulgada na Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

    Uma enquete realizada pelo Ministério através de seu site oficial havia indicado o filme “Nosso Lar” como o favorito do público para a corrida ao prêmio, seguido por “Chico Xavier”, “Os Famosos e os Duendes da Morte”, “O Grão” e “Antes que o mundo acabe”.

    “Lula, o Filho do Brasil” estava apenas em sexto lugar na pesquisa, e era uma improvável escolha entre os 23 filmes selecionados para a disputa. A pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 20 de setembro.

    A comissão de seleção era formada por membros do Ministério da Cultura, da Secretaria do Audiovisual, da Agência Nacional de Cinema do Brasil e da Academia Brasileira de Cinema.

    A lista dos indicados ao Oscar 2011 será divulgada no dia 25 de janeiro, e a cerimônia de entrega está marcada para 27 de fevereiro.


    Nota do SDV: a comissão de seleção formada por membros do Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Agência Nacional de Cinema do Brasil e Academia Brasileira de Cinema bem que merece este brinde musical na voz do Rei do Ritmo, Jackson do Pandeiro. Poderia servir de “trilha sonora” para o próprio filme. Ouçam: 
    http://www.youtube.com/watch?v=byjsX9yPm3c


  • PAU NOS TUITEIROS

    images
    12901

    DÁ-LHE, INÁCIO!

    Em entrevista ao portal Terra, Lula falou do papel “extraordinário” da internet, mas ponderou a respeito do microblog Twitter.  “Eu acho que o Twitter é uma escravização. Tem gente que acorda às duas horas da manhã para ficar tuitando. Tem gente que levanta para falar: aí, acordei, perdi o sono. O que eu tenho a ver com isso? Vai dormir, pô!”

     


  • DOS BLOGUEIROS PROGRESSISTAS…

    dilma_internet

               “DATAFOLHA PODE TER INDUZIDO AS RESPOSTAS DESFAVORÁVEIS A DILMA”


    Manchete de um “Blog Progressista” (Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães) sobre a última pesquisa eleitoral que aponta uma pequena queda de Dilma Rousseff nas intenções de voto para presidente da república.

    Portanto, já não há mais nenhuma idoneidade de um instituto de pesquisa da chamada “Imprensa Golpista”.

    Sugestão do SDV: Zé Dirceu neles!